Fudêncio Wikia
Advertisement

Zé Maria é uma garota loira com voz de homem que estuda na E.E.P.S.G. José Mojica Marins. É bastante sensível e feminina e, a partir da 5ª temporada, é uma transexual planejando uma mudança de sexo. É o interesse amoroso de Conrado, que costuma chamá-la de "Zezé", apelido que também aparece no título de alguns episódios.

Costuma falar "gentê" na maioria de suas frases. Na 6ª temporada, seu dublador muda e ela também passa a falar "meu" com frequência, além de começar a substituir o "r" pelo "i" em algumas palavras.

Os outros personagens quase sempre se referem a Zé Maria com pronomes e adjetivos masculinos.

Descrição[]

A característica mais visível de Zé Maria é seu longo cabelo loiro. Seu rosto é similar ao de Conrado, tendo, como ele, "maçãs" na bochecha, porém as dela são de uma cor rosada mais suave, enquanto as dele são vermelho berrante. Assim como a maioria dos outros alunos, ela veste o uniforme da escola, que consiste em uma camiseta branca com bordas vermelhas, uma saia azul (jeans) e um tênis branco e vermelho. Pequenos seios pontudos são visíveis em seu peitoral.

Zé Maria é amigável, sensível e ingênua, geralmente agindo como uma típica garota pré-adolescente. Ela escreve em diários, brinca de boneca, usa gírias femininas, e se refere a alguns dos personagens por apelidos carinhosos (por exemplo, ela chama Fudêncio de "Fufu", Funérea de "Fu" e Popoto de "Pópis"). Ela geralmente não corresponde à paixão que Conrado tem por ela, vendo o garoto como inconveniente ou irritante, ou às vezes apenas agindo com indiferença. Em outros casos, no entanto, ela demonstra um certo afeto por ele, o que nunca acaba durando.

Descrição oficial[]

Meigo, fofo, amigo, querido e bonitinho. Zé Maria é um menino que foi criado como menina, ou uma seria uma menina com nome de menino? Mas tudo isso tem pouca importância no universo de Fudêncio, principalmente para o caqui Conrado, que ignora esse pequeno detalhe e nutre uma grande paixão pela pessoa de seu colega.

Curiosidades[]

  • O nome de Zé Maria originalmente seria "Diego", e, inclusive, o Tema de abertura foi gravado com esse nome. No entanto, o nome foi censurado pelo chefe geral da MTV, pois seu filho também se chamava Diego, e ele não permitiu que houvesse um personagem trans com o mesmo nome do filho.[1] Assim, o tema foi regravado com outra voz sobrepondo a original para dizer o novo nome, mas nos episódios Chavonildo e A Boneca do Zezé, foi utilizada a abertura original por engano.
  • Conforme o episódio Ahhtata Rabüzac, seu nome é, de fato, "José Maria".
  • Zé Maria sabe da paixão que Conrado sente por ela, mas seu posicionamento varia de acordo com o episódio; em alguns, ela se sente incomodada e irritada, já em outros, ela se conforma e retribui o afeto.
  • Nas primeiras temporadas, Zé Maria era referida apenas por pronomes masculinos, já nas últimas, varia de acordo com quem diz; no episódio A Namorada do Zezé, por exemplo, Funérea diz "ela", enquanto o título e Safeno dizem "ele". Isso leva a crer que ela era um crossdresser que se tornou transexual.
  • No episódio Garota Maravilha, é revelado que ela mora em um prédio.
  • Ela é a única estudante que usa a saia do uniforme, enquanto as outras alunas usam calças e Funérea usa outra roupa que não é o uniforme da escola.
  • Curiosamente, ambos os seus dubladores possuem o sobrenome "Marcondes".
  • Zé Maria, Conrado, Fudêncio e Funérea são os quatro únicos personagens a serem vistos em ângulo de perfil.
  • De acordo com o perfil de Zé Maria no site da MTV:
    • Na MTV, ela gosta de observar os VJs, e acha todos bonitos.
    • Ela nasceu em Campinas (SP).
    • Seus ídolos são Fábio Assunção, Marcos Pasquim, Henry Casteli, e todos que dançam valsa com debutantes.
    • Seus livros favoritos são Em Busca da Alma feminina, As 35 regras para conquistar o homem perfeito e Um guia para a vida das garotas.
    • Seus filmes favoritos são Legalmente loira, Dirty Dancing e Titanic.
    • Sua comida favorita é chocolate, principalmente quando assiste a um filme romântico.
    • Ela considera Roberta Close como a mulher perfeita.
    • O que ela mais odeia no mundo é gente falsa, mentira e maldade.

Aparições[]

Referências[]

Advertisement