Fudêncio Wikia
Advertisement

A professora Cudi Ampola leciona aos alunos da classe de quarta série de Fudêncio na E.E.P.S.G. José Mojica Marins. Ela é rígida, ranzinza e costuma dar pontos negativos a seus alunos, principalmente Conrado. Já namorou vários homens ao longo da série.

Descrição[]

Cudi é idosa e possui um corpo largo e flácido, incluindo seios caídos. Seu olhar é sério e ameaçador. Ela possui cabelo vermelho com um pompom, usa óculos vermelhos pontudos, uma camisa rosa, uma saia azul e botas pretas. Sua voz é grave, rouca e áspera.

Ela é rabugenta, aparentando na maior parte do tempo insatisfeita e irritada com tudo. É muito rígida como professora, tendo o costume de aplicar pontos negativos sempre quando pode, especialmente a Conrado, seu aluno mais odiado. Mas para Fudêncio, seu aluno preferido, ela sempre dá pontos positivos.

Apesar de seu típico comportamento, ela também tem vários momentos de alegria na série, especialmente quando recebe elogios ou quando namora homens. Ela já namorou vários homens, incluindo Neguinho e Picadinho. Em Cudicopo, se dá a entender que ela estava fazendo sexo com a mãe de Funérea, que diz estar com o namorado ao invés dela.

Em Fudêncio 2000, ela usa um penteado baseado no da Princesa Leia.

Descrição oficial[]

Na verdade, o nome inteiro dessa mestra do saber é Cudi Ampola, mas ela prefere ser chamada apenas por Cudi. Sua principal paixão é distribuir pontos negativos durante as aulas. Mas Fudêncio sabe enganar essa professora tão bem que se tornou seu aluno predileto.

Bordões[]

  • "Ponto negativo!"
  • "CONRADO!"
  • "Se eu pegar neguinho ______, vai ter!"
  • "Crianças..." / "Bem, crianças..." / "Muito bem, crianças..."
  • "Você falou cu?"

Curiosidades[]

  • Seu nome, evidentemente, é um trocadilho com "cu de ampola", ou seja, um ânus largo. Por causa disso, ela não gosta de ser chamada pelo seu nome inteiro. No episódio Ligeiramente Prenha, seu pai revelou que pôs esse nome nela de propósito.
  • Em alguns episódios da quinta e sexta temporada, ela não aparece na sala de aula por razões desconhecidas, e o cargo de professor é assumido por Mestre dos Bofes, Vingativa, Joey Ramone ou Dráuzio Varíola. Isto também ocorreu em Apagando o Sapo, na 2ª temporada.
  • Nos episódios mais antigos, ela tinha uma voz mais fina e estridente.
  • Em Paixonite, é revelado que ela tem 82 anos. Assim, pode-se presumir que ela nasceu nos anos 1920.
    • No entanto, no episódio Quem Tem Tesão Não Ama, ela diz que se descobriu uma menina aos 60 anos de idade e diz que tal fato ocorreu no mesmo dia, colocando seu nascimento nos anos 1940.
  • O design dela é usado para algumas figurantes ao longo da série.
  • Nos estágios iniciais da produção da série, foi pensada a possibilidade de Cudi não ser vista e não ter sua voz diretamente ouvida, sendo representada somente por sons. Esta característica seria inspirada nos adultos das animações de Charlie Brown (incluindo as professoras), que não apareciam e suas falas eram representadas por sons de trombones silenciados.
  • De acordo com o perfil dela no site da MTV:
    • Seu nome completo é Maria Cudi de Ampola.
    • Seus livros favoritos são:
      • Os homens são de Marte e as mulheres são de Vênus
      • Por que os Homens Mentem e as Mulheres Choram?
      • As 35 regras para conquistar o homem perfeito
      • Ele simplesmente não está afim de você
      • Pais Brilhantes, Professores Fascinantes
    • Seu filme favorito é Telma e Louise.
    • Para ela, os homens perfeitos são aqueles que dão conta do recado, e os que "não dão conta do recado" são o que ela mais odeia.
    • Suas músicas favoritas são todas de Júlio Iglesias, especialmente Milonga Sentimental.
    • Suas comidas favoritas são boi no rolete e costela de chão. Sua bebida favorita é Dry Martini.
    • Ela nasceu em Anta Gorda (RS).
  • Apesar de seu ódio por Conrado e amor por Fudêncio, existem ocasiões onde ela trata Conrado bem e Fudêncio mal. Por exemplo, em Malhando o Cucuruto e Bala na Droga, ela dá pontos positivos para Conrado, e em Teatro de Cú é Rola, ela se estressa com Fudêncio por ele estar atrasado, chegando a gritar com ele. Durante o episódio Chavonildo, ela repreende Fudêncio e premia Conrado brevemente.
  • A relação de Cudi com Funérea varia dependendo do episódio. Geralmente, ela a trata mal quando está sozinha, mas a trata bem quando está acompanhada de Fudêncio (como em Habeas Corpus). A partir da quinta temporada, ela forma uma amizade com Zé Maria e Funérea, e as três costumam sair e conversar juntas.
  • Ela aparece em todos os episódios conhecidos da 3ª temporada, porém provavelmente não aparece em Pequeno Príncipe, devido ao tema e universo do episódio não serem relacionados à escola.
  • A voz e a aparência lembram muito as da personagem Roz do filme Monstros S.A..

Aparições[]

Galeria[]

Advertisement